Vinho Verde ou Maduro? É mesmo assim?

2
7106

Quantas vezes já lhe fizeram a pergunta “Bebes Vinho Branco?”, e à qual respondeu “Verde ou Maduro?”? Pois bem, se é esse o caso, neste artigo vamos ajuda-lo a ultrapassar este mito dos vinhos!

Na verdade, existem apenas três tipos de vinho – Branco, Tinto e Rosé. Os vinhos Tinto e Rosé são feitos de uvas tintas e os Brancos são feitos de uvas brancas. Há apenas um pormenor a complicar. Há vinhos brancos feitos de uvas tintas. Confuso? Nós explicamos! Uma vez que o que dá cor ao vinho é a pele da uva, se extrairmos o “sumo” da uva e este não fermentar junto com as peles, a cor da pele não será transferida para o “sumo”. Muitas vezes estes vinhos são designados como “blanc de noir“.

Mas não nos desviemos da questão. Então afinal, se só existem 3 tipos de vinho, o que é afinal o vinho verde?

Na verdade, Vinho Verde é o nome de uma região vitivinícola portuguesa, tal como é o Douro, o Alentejo ou o Dão por exemplo. A região do Vinho Verde situa-se no entre Douro e Minho, e é conhecida pela sua paisagem coberta de vegetação.

“A origem da marca remete para as características da região de produção, coberta de vegetação, e para o próprio perfil do vinho que pela sua frescura e leveza se diz verde em alusão à sua juventude e por oposição a outros vinhos mais complexos e pesados.” in vinhoverde.pt

Assim, tal como nas outras regiões, também na região do Vinho Verde podemos encontrar vinhos brancos, tintos ou rosé, embora 75% da produção seja feita em brancos.

Ou seja, na verdade, todos os vinhos são feitos de uvas maduras. A única diferença está na origem das uvas e nas castas utilizadas. (para falarmos noutro artigo)

Como harmonizar com comida?

Os vinhos da região dos Vinhos Verdes são geralmente muito frutados e com uma acidez equilibrada que lhes permitem ser leves e frescos. O baixo teor alcoólico, quando comparado com outras regiões, faz com que sejam excelentes para acompanhar pratos de peixe, marisco, sushi e sashimi. “Casam” igualmente muito bem com carnes brancas ou até mesmo com saladas e pratos vegetarianos.

Agora que sabe que não existem “vinhos verdes” e “vinhos maduros”, pode desafazer mais um mito dos vinhos no próximo almoço de familia ou jantar de amigos!

Caso tenha interesse, poderá saber mais sobre a região do Vinho Verde no site da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes

Esperemos que tenha gostado e que desfrute de Um Bom Vinho!

 

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here